PROCON de Campinas

Cesta de produtos juninos tem grande variação de preços, revela Procon

Dos ingredientes mais procurados para compor o cardápio das tradicionais festas juninas, a maçã fugi lidera a variação de preços nos estabelecimentos campineiros, revela pesquisa do Procon de Campinas divulgada nesta sexta-feira, 15 de junho. Com preço até 152,66% maior de um estabelecimento para outro; além da maçã, outros produtos que compõem a cesta de iguarias da época também apresentam significativas variações de preços. Caso do milho verde, 134,23%%; e do pinhão, com 111,50%.

 

Procon: preço de medicamento varia até 336,62% em Campinas

Pesquisa realizada pelo Procon Campinas em parceria com a Fundação Procon-SP, em nove drogarias localizadas em Campinas, revela diferenças de até 336,62% nos preços dos medicamentos. O levantamento compara os preços entre os genéricos, entre os de referência e também compara a média dos preços entre genérico e referência. O levantamento foi feito nos dias 9, 10 e 11 de maio de 2018.

 

Procon divulga pesquisa de preços e informativo sobre materiais escolares

O Procon de Campinas divulga nesta segunda-feira, 15 de janeiro, pesquisa de preços de materiais escolares e um informativo para orientar os pais, alunos e responsáveis durante o período de volta às aulas. O levantamento de preços foi realizado em oito estabelecimentos, de 3 a 8 de janeiro.

 

A pesquisa completa, com os produtos e respectivas análises, pode ser acessada no site do Procon (https://procon.campinas.sp.gov.br/).

 

Pesquisa do Procon mostra irregularidades mais cometidas por empresas

 

Um levantamento realizado pelo Procon Campinas aponta quais as irregularidades mais cometidas por estabelecimentos comerciais no município. No topo dos registros, está a ausência de Código de Defesa do Consumidor (CDC), que representa 22% dos autos lavrados pelas equipes do órgão de defesa do consumidor. Produtos com validade vencida também estão entre as principais irregularidades constatadas, subindo da décima posição, no ano passado, para a quinta em 2017.