Pesquisa de Preço - Ceia de Natal

Trabalho do Procon Campinas em conjunto com a Fundação Procon-SP nos dias 1o e 2 de dezembro, em 10 supermercados

Os itens que compõem a ceia de natal do campineiro podem ter uma diferença de até 114,08% no preço de um estabelecimento comercial para

outro. Este é o resultado da pesquisa que o Procon Campinas, em conjunto com a equipe do Núcleo Regional da Fundação Procon-SP, realizou nos dias 1o

e 2 de dezembro em 10 supermercados da cidade. Só fizeram parte da comparação os itens comercializados em, no mínimo, três

estabelecimentos visitados. Entre os produtos pesquisados estão azeites, bombons, carnes congeladas, cereais, farofas prontas, conservas, frutas em

calda, panetones e bolos de natal de diferentes marcas.

De acordo com o diretor do Procon Campinas, Ricardo Chiminazzo, o objetivo da pesquisa é oferecer uma referência ao consumidor, com os preços médios

levantdos por meio da pesquisa.

“Cabe ressaltar que os preços constatados referem-se ao dia em que a coleta foi realizada podendo, atualmente, ser diversos,

já que estão sujeitos a alterações devido à data da compra e até de promoções”, enfatiza o diretor.

Ainda de acordo com Chiminazzo, os resultados do levantamento não podem ser utilizados para fins publicitários pelos supermercados.

Dicas para o consumidor

De acordo com o Procon, é recomendável que o consumidor faça uma lista dos itens necessários e procure quais estabelecimentos apresentam, além de

um bom preço, facilidades na hora da compra como, por exemplo, proximidade, estacionamento, descontos, promoções e opções de formas de

pagamento, entre outros.

Ao escolher quais alimentos irão para o carrinho de compras, é importante observar as informações que constam da embalagem

– data de validade; lote, identificação do produtor/fornecedor; peso; medida; ingredientes; características nutricionais; SIF (Serviço de Inspeção Federal) se o alimento

for de origem animal e se contem ou não glúten, no caso de alimentos industrializados.

Ao passar os produtos pelo caixa, se houver diferença entre o preço registrado e o que estava informado na gôndola, prevalece o menor.

A pesquisa completa e os endereços dos estabelecimentos pesquisados podem ser encontrados nos links: http://www.procon.campinas.sp.gov.br/sites/default/files//arquivos-pesqu... e http://www.procon.campinas.sp.gov.br/sites/default/files//arquivos-pesqu...

 .